Cesarea_Lirah

Vamos Falar de Indicações de Cesárea?

A via de parto pode ser escolhida pela gestante (Resolução Nº 2.144/2016 – Conselho Federal de Medicina) ou indicada pelo obstetra diante do cenário clínico-obstétrico no qual a mulher estiver inserida.

“A cesariana é realizada quando o médico-assistente e/ou a paciente acreditam que a via abdominal vai proporcionar um melhor resultado materno e/ou fetal. Portanto suas indicações dividem-se na solicitação materna ou indicação médica.  As indicações médicas são divididas em absolutas e relativas” (Febrasgo, 2018). A Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) possui protocolos assistenciais que norteiam as condutas que devem ser adotadas por nós, ginecologistas e obstetras. 

INDICAÇÕES:

  1. Desejo materno;
  2. Distocia funcional;
  3. Falha de indução de parto vaginal;
  4. Má posição fetal;
  5. Desproporção céfalo pélvica;
  6. Cicatriz uterina prévia;
  7. Descolamento prematuro de placenta;
  8. Placenta prévia centro total;
  9. Acretismo placentário;
  10. Vasa prévia;
  11. Prolapso de cordão umbilical;
  12. Macrossomia fetal;
  13. Ruptura uterina;
  14. Herpes em atividade;
  15. Gestante soropositivas para HIV com carga viral desconhecida ou maior que 1.000
    cópias/mL;
  16. Alguns tipos de gestações gemelares

E você? Pretende ter parto vaginal ou cesárea? Converse com seu obstetra e juntos, definam a melhor via de parto para você.

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email
Clinica-Lirah-Endometriose

O que é Endometriose?

A endometriose é uma condição em que o endométrio (tecido que reveste o útero) cresce em outras regiões do corpo. Geralmente o tecido começa a crescer em outras partes da região pélvica…

Leia Mais »