human_reproduction_wide

Infertilidade Conjugal e Reprodução Humana

Considera-se infertilidade conjugal a tentativa do casal de engravidar espontaneamente por um ano. Mulheres acima de 35 anos já devem procurar um especialista, se após seis meses de tentativa não obtiverem sucesso.

 

BUSCAR ENTENDER A INFERTILIDADE É FUNDAMENTAL

A consulta com o casal é de extrema importância para diagnosticarmos o motivo da dificuldade em engravidar. Existem exames específicos que devem ser solicitados com o enfoque no assunto.

Dividimos os tipos de tratamento em baixa e alta complexidades.

– OS DE BAIXA COMPLEXIDADE SÃO: Coito Programado e a Inseminação Intra Uterina. No coito programado, acompanha-se a ovulação da paciente e no período fértil é orientado o casal a ter relação sexual. Outro tipo de procedimento é a IIU (Inseminação Intra-Uterina), onde o profissional controla a ovulação da paciente, e no período ovulatório, o sêmen do parceiro é processado e intruzido intrautero através de um cateter.

Nenhum dos procedimentos necessitam de sedação e/ou centro cirúrgico. São feitos controles com ultrassom em consultório no período ovulatório.

– OS DE ALTA COMPLEXIDADE SÃO: Fertilização in Vitro e a ICSI. Procedimentos em que o embrião é formado em laboratório e posteriormente inserido no útero.
Na fertilização são administrados hormônios, através de injeções diárias e subcutâneas para estimular o crescimento de todos os folículos ovarianos (procedimento feito no centro cirúrgico e com sedação). Quando os folículos atingem o tamanho adequado, é feita uma última injeção para fazer o “gatilho” da ovulação e após 36 horas realiza-se a aspiração dos óvulos. Em laboratório, o embriologista une o espermatozoide do parceiro ao óvulo e o embrião é formado.

Acompanha-se o desenvolvimento do embrião por três ou cinco dias, e após esse tempo é realizada a transferência embrionária (retirada do embrião do laboratório e introduzido no útero, também através de um cateter e sem sedação). Por esse motivo é de extrema importância buscar um especialista para fazer o diagnóstico da infertilidade e oferecer o melhor tratamento para o casal.
Quanto mais precocemente for feito o diagnóstico, maior a chance da mulher engravidar.

 

OUTRO MEIO

Outro enfoque da reprodução humana é a preservação da fertilidade. Sabe-se que a mulher nasce com sua reserva ovariana e ao longo dos anos, mês a mês, esse estoque se reduz. Reduz tanto em quantidade como em qualidade, infelizmente a idade ainda é um fator limitante. Orienta-se o congelamento prévio dos óvulos aquelas mulheres até os 35 anos que pretendem engravidar.

Entre em contato com a clínica Lirah para entender mais sobre o assunto. Tire todas suas dúvidas e fiquem tranquilos!

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email
TIPOS de DIU

Tipos de DIU

O DIU pouco a pouco volta a ser um método anticoncepcional procurado
pelas mulheres, por ter poucas contra indicações, e ser um dos métodos mais
eficazes que existe (cerca de 99% de eficácia). Clique e saiba mais.

Leia Mais »